sexta-feira, 28 de outubro de 2016

AS VISÕES DA RAVEN ESTA DE VOLTA COM RAVEN SYMONE

FALA GALERA...PARA ALEGRIA DOS FÃS,A HILÁRIA SÉRIE AS VISÕES DA RAVEN ESTA DE VOLTA. POIS NÃO TEM COMO NÃO RIR,COM AS LOUCAS AVENTURAS DE RAVEN BAXTER,PROTAGONIZADA PELA ATRIZ RAVEN SYMONÉ,A SÉRIE TEEN AS VISÕES DA RAVEN,É CONSIDERADA ATE HOJE, A MELHOR SÉRIE DA DISNEY DE TODOS OS TEMPOS, ELA MOSTROU AO MUNDO QUE SEU TALENTO NÃO TEM LIMITES,HOJE CONSAGRADA COMO CANTORA E DESIGN DE MODA,RAVEN SYMONÉ TEM UMA LEGIÃO DE FÃS EM TODO PLANETA,APENAS PELA SUA ALEGRIA,ESTILO,E PERSONALIDADE AUTÊNTICA,LIVRE DE POLÊMICAS INÚTEIS, ELA SUPEROU TODAS AS BARREIRAS DOS ESTEREÓTIPOS IMPOSTOS PELAS ESTRELAS DA DISNEY,E TRAÇOU O SEU PRÓPRIO CAMINHO NA TV,RAVEN É SIMPLESMENTE ÚNICA,ENTÃO CONHEÇAM MELHOR ESSA CATIVANTE ATRIZ E DUBLADORA,ESSA É A ESTILOSA RAVEN...

Em Entrevista Raven Disse: Estou feliz e triste, mas acima de tudo animada", disse durante o talk-show "The View", do qual é apresentadora. Ela vai deixar a bancada do programa para se dedicar ao remake da série. "Ainda não tem título, mas estamos chamando de 'As Visões de Raven 2'. É a Raven. É, sou eu. Mas dessa vez eu sou uma mãe na série. Vou ser uma mãe solteira criando dois filhos, e um deles descobre sobre as visões", adiantou a atriz.
Raven Symoné Christina Pearman nascida em Atlanta, em 10 de Dezembro de 1985. É mais conhecida como Raven-Symoné ou apenas Raven, é uma atriz, cantora, compositora, dançarina, dubladora, produtora de televisão e design de moda americana. Ficou mundialmente conhecida pela sua atuação como Olivia Kendall em The Cosby Show, também se destacou como Nicole Lee em Hangin with Mr. Cooper, e Galleria Garibaldi nos filmes The Cheetah Girls e The Cheetah Girls 2, e por ter dublado Monique uma personagem do desenho Kim Possible. Mas foi como a adolescente vidente Raven Baxter,que a atriz conquistou os jovens do mundo todo, em seu próprio seriado As Visões da Raven. Como cantora Raven lançou quatro álbuns de estúdio. Em 2008, lançou um DVD chamado Raven-Symoné Presents, contendo dicas para a casa e beleza. Raven-Symoné nasceu em Atlanta, na Geórgia, é filha de Lydia Pearman e Christopher B. Pearman. Seus pais mudaram-se para Ossining, em Nova Iorque, para facilitar a carreira da filha. Aos dois anos, ela trabalhou com a Ford Models, e apareceu em anúncios de marcas como Ritz Crackers, Jell-O, Fisher-Price e Cool Whip. Em dezembro de 1989, a cidade de Winnfield lhe deu a chave da cidade e foi declarado como "o dia de Raven-Symoné”. Em 2004, graduou na escola North Springs High School de Atlanta.
Contratada pela Disney Channel, em 2002, Raven faz teste para uma série diferente, intitulada Absolutamente Psíquica que contava a história de uma adolescente com habilidades psíquicas. Inicialmente, Raven foi cotada para o papel de melhor amiga da protagonista. Mas, após ter sido revista, os executivos da Disney decidiram lançá-la como a principal personagem Raven Baxter e mudar o nome da série para That's so Raven (as visões da Raven).That's so Raven estréia no dia 13 de janeiro de 2003, reunindo 3.49 milhões de telespectadores, maior audiência das séries do Disney Channel do ano até aquele momento. Mais uma vez, ainda em 2003, Raven ganha o papel de protragonista no filme The Cheetah Girls, interpretando a personagem Galleria Garibaldi. O filme estreou no dia 15 de Agosto de 2003, reunindo 6.5 milhões de telespectadores, sendo a maior audiência do ano de um filme do Disney Channel. O filme reuniu também uma trilha sonora que ganhou disco de platina e chegou a ser relançado em 2004 em uma edição especial. Com o sucesso de Raven, em That's so Raven, que já estava em sua segunda temporada, Raven decide apostar em sua carreira de cantora,começando a trabalhar, no final de 2003, em seu terceiro álbum de estúdio, This Is My Time, tendo composições suas em estilos como R&B e Pop. O lançamento do disco aconteceu no dia 21 de setembro de 2004, alcançando o número #53 do Billboard 200, vendendo 19 mil cópias na primeira semana.

Em 2006, Raven continuava gravando That's so Raven, que estava em sua quarta temporada, uma das mais longas séries do Disney Channel, e uma das mais assistidas dos últimos anos, chegando ao top 10 das melhores séries do Disney Channel. A série chegou ao seu 100º episódio. Em 2006, Raven volta a repetir sua a personagem Galleria Garibaldi, na sequência The Cheetah Girls 2, que reuniu 8.1 milhões de telespectadores e sua trilha sonora debutou o número 5 do Billboard 200 e vendeu mais de 1.400.000 milhões de cópias. Sendo o filme, da trilogia, de maior sucesso. Ainda em 2006, Raven protagoniza um novo filme, For One Night, onde fez muito sucesso e gravou nova música, Gravity. Entre 2006/2007 entra no ar a quarta e última temporada a série, que teve seu término no dia 10 de Novembro de 2007, reunindo 5 milhões de telespectadores. Raven não costuma falar da vida pessoal para a mídia. Após uma publicação na sua conta no site flickr, em que ela postou algumas fotos onde seu corpo relativamente não aparece, um site de fofocas americano acusou Raven de ter tirado fotos nua, a notícia causou polêmica, porem Raven se defendeu através da sua página no site twitter, falando que sua carreira era brilhante demais, e que não precisava tirar fotos nuas. Isso aconteceu após Raven-Symoné ficar no topo dos tópicos mais comentados do twitter, por fãs que diziam que Raven chegou à fama de ter ficado famosa sem tirar nenhuma roupa do corpo. Em relação a sua orientação sexual Raven diz que é abertamente Homossexual, ela escreveu no Twitter maio 2012: "Minha orientação sexual é minha, e da pessoa com quem estou saindo, ela não é para a exposição pública. Em agosto de 2013, Raven-Symoné comentou sobre a legalização do casamento homossexual: Eu estou animada por ouvir que mais estados legalizaram o casamento homossexual. Porém atualmente não pretendo me casar, mas é muito bom saber que agora posso desejar.
ENFIM GALERA...EU ADORO A RAVEN SYMONÉ,E HOJE ELA É CONSIDERADA PELAS REDES SOCIAIS,UM INFLUENTE ÍCONE JOVEM,POIS ESTILO,BELEZA,E SIMPATIA ELA TEM DE SOBRA. E COM CERTEZA VCS TBM JÁ RACHARAM O BICO COM ELA NA TELEVISÃO, MAS SE VCS AINDA NÃO CONHECIAM SEU TALENTO COM CANTORA POP, TA IA ALGUNS DE SEUS DANÇANTES VIDEOCLIPES,VLW GALERA ATE:


quinta-feira, 27 de outubro de 2016

ORIGEM DO DIA DAS BRUXAS A VERDADE DO HALLOWEEN


Fala Galera...As Bruxas ainda existem,mas diferente das horripilantes historias infantis,Elas veneram a Natureza. E priorizam a Tolerância no mundo. O Coven ou Conciliábulo é o nome dado a um grupo de Bruxos, que se unem num laço mágico, físico e emocional, sob o objetivo de louvar a Deusa. tendo em comum um juramento de fidelidade à Arte e ao grupo. Um Coven tem como filosofia: Perfeito Amor e Perfeita Confiança. Pois dentro do Coven deverá prevalecer a união, pois um Coven é mais que uma família. Tradicionalmente, ele abriga no máximo de treze pessoas. Quando esse número excede, há uma divisão, e São criados os Clãs, formados de vários grupos originados de um mesmo Coven inicial. Num grupo tão pequeno, todos se tornam de vital importância, e a falta de qualquer membro é facilmente sentida. Na Bruxaria, não existe nenhuma entidade hierárquica. O Coven não precisa ser associado a nenhuma fundação, como um grande "Chefe" comandando tudo. No entanto cada tradição tem sua organização própria sendo umas mais piramidais que outras ou ainda mais ou menos fechadas em relação aos novos membros.

 
O líder do Coven deve possuir sensibilidade e poder interior para canalizar a energia do grupo, para dar início e interromper cada fase dos rituais, ajustando a duração de acordo com o ânimo do grupo. Ele normalmente é escolhido pelo próprio grupo, geralmente tem seu cargo avaliado pelos membros e por si mesmo. Um Grão-Sacerdócio, uma posição de liderança, não é um status vitalício. E sempre que necessário outras pessoas podem tomar estas posições desde que estejam dispostas a trabalhar e de comum acordo com todo o grupo. Tensões por poder são comuns em todos os lugares. Nessas horas de disputa mesquinha o ideal é que se afastem os membros envolvidos e que se escolha um outro para o cargo. Moderação e diplomacia são sempre preferíveis à decisões ríspidas e autoritárias, mas pulso firme no momento certo, assegura a estabilidade dos laços. Para se tornar membro de um Coven, o Bruxo deve primeiro encontrar um Coven e ser iniciado, deve submeter-se a um ritual de comprometimento no qual os ensinamentos e segredos internos do grupo são revelados. A iniciação é seguida de um longo período de treinamento, onde a confiança do grupo é aos poucos conquistada. Mas se não for possível encontrar um Coven de portas abertas o Bruxo pode escolher uma tradição que admita a auto-iniciação e formar seu próprio grupo de pessoas que estudarão, se dedicarão e se tornarão, com um pouco de esforço um Coven.

Um Coven mantém encontros periódicos para o treinamento, exercícios, troca de experiências, comemoração dos Sabás e Esbás, além de trabalharem juntos em outros rituais. A disciplina é essencial na formação de uma consciência mágica comum ao grupo e de uma Egrégora que é, para simplificar, a força mágica do grupo e sua repercussão no Astral. Covens liberais e democráticos em excesso se embaralham em coisas simples. Um pouco de ordem na casa, objetividade e disposição para abrir mão das suas próprias opiniões em pró do grupo sempre ajudam a concentrar esforços numa mesma direção. Cada Coven tem seu próprio símbolo e nome, suas regras, suas características, seu método de estudo e "carisma mágico próprio". Covens próximos podem e devem trocar influências, porém sempre respeitando a individualidade de cada membro. Mais que tudo, um Coven é um organismo vivo, pulsante, que responde segundo seus membros. Se alguém está doente, mal-intencionado, desequilibrado, angustiado, isso tudo se reflete no desempenho do grupo, nos resultados dos rituais. Por outro lado se há alguém bem feliz, disposto, energizado, isso também é dividido com os membros que sentem a energia do Coven. O Coven une seus membros muito além do plano físico, até mesmo no emocional. A união é uma simbiose mágica. O que um sente é notado por todos, o que um passa é sentido por todos. Reza o ditado que: "Os Laços de um Coven são mais fortes que o Sangue".

Os Covens não possuem graus hierárquicos. Variando de Coven para Coven, pode existir uma estrutura organizada, porém todos são vistos como iguais,sacerdotes e sacerdotisas dos Deuses. Tradicionalmente os membros são: 

= Alta Sacerdotisa - a líder feminina de um Coven, normalmente de 3º grau. Ela representa a Deusa em um ritual. 

= Alto Sacerdote - o líder masculino de um Coven, normalmente de 3º grau. Ele representa o Deus em um ritual. 

= Ancião - um membro do Coven, com mais experiência, que mereceu seu 3º grau e que seja ou tenha sido uma Alta Sacerdotisa ou Alto Sacerdote em seu próprio Coven. 

= Terceiro Grau - completa e total dedicação aos Deuses e à Comunidade Wicca. 

= Segundo Grau - completou o seu 1º grau e é qualificado para ensinar estudantes do primeiro grau. É o grau do verbo "fazer". 

= Primeiro Grau - aquele que se dedicou a aprender a Arte. Este é o grau do verbo "saber". 

= Dedicado - aquele que está aspirando o primeiro grau, e já passou pelo ritual de deidicação ao deuses e ao caminho da Wicca. 

= Neófito - uma pessoa interessada em Wicca, mas que ainda não iniciou seus estudos na Arte.


Enfim Galera...Os Covens devem escolher uma Alta Sacerdotisa e um Alto Sacerdote que sejam democráticos e bons, além de justos e sábios, porque não importa o que os outros membros do Coven falem. É a Alta Sacerdotisa quem dá a palavra final, mesmo que seja essa, contra todos os outros. E se alguém não quiser acatar a ordem da Alta Sacerdotisa, ele deve humildemente, reunir-se com o coven e expressar o seu desejo de fundar um novo Coven. Assim, todos aqueles que quiserem segui-lo deverão fazê-lo e partirão com as bênçãos dos que ficarem, para que não haja atrito e possam os dois Covens, viver em perfeito amor, confiança e harmonia. Vlw Galera ate:

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

CANTORA JENNI MOSELLO FINALISTA DO X FACTOR BR

Fala Galera...Durante a sua primeira audição No The X Factor Brasil, Jenni Mosello, interpretou a clássica Feeling Good, que ficou famosa na voz de Nina Simone. A artista foi aprovada por unanimidade,e para a segunda fase do programa arrancando muitos elogios dos jurados Rick Bonadio, Alinne Rosa, Di Ferrero e Paulo Miklos. Após passar pela primeira fase (Audições), que contou com mais de 30 mil inscritos, agora a curitibana passará pelo Centro de Treinamento, a partir da próxima fase. A participante será apadrinhada por um dos jurados, que se transformará em seu mentor durante um intenso período de treinamento. Se passar pelo Centro de Treinamento e pelo Desafio das Cadeiras, a curitibana será um dos 16 participantes que irão disputar a preferência do público em séries de Shows ao Vivo. E em pouco tempo Jenni Já é o destaque do famoso programa musical.
Mas Apesar de cantar desde que pequena, a carreira profissional de Jenni Mosello começou em 2012, em apresentações com a banda curitibana Open, em casas de Jazz da capital paranaense. Desde então, Jenni começou a ser reconhecida no cenário Jazz curitibano, sendo convidada para se apresentar, por exemplo, na reabertura da Ópera de Arame, um dos principais símbolos da cultura paranaense, onde cantou para grandes personalidades paranaenses e para o Roberto Carlos. No ano passado, Jenni Mosello lançou seu primeiro EP autoral. Contando com cinco faixas em inglês, o álbum “Sketches, Jenni Mosello” foi produzido pela dupla Alexy Viegas e Maycon Ananias, que já trabalhou com artistas como Maria Gadú, Thiago Iorc e Jesse Harris. Entre as faixas do “Sketches Jenni, Mosello”, está a canção “Look Me In The Eyes”, composta com exclusividade pelo compositor canadense James Bryan, que traz em seu currículo composições para grandes astros da música mundial, entre eles Nelly Furtado, Yuna, Zaz e Backstreet Boys. Completam o álbum as músicas “Work It Out” (Jenni Mosello / Lucas Vaz), “Happy Again” (Ricardo Maranhão), “Let It Burn” (Jenni Mosello / Lucas Vaz) e “Runaway” (Jenni Mosello / Lucas Vaz).
A Talentosa Jenni Mosello,que Já encanta o Paraná faz algum tempo,mas agora ela vai conquistar o Brasil. A curitibana Jenni Mosello tem um poder vocal impressionante e segue as principais influências do Jazz, Blues e Soul, ela impressionou os jurados do X Factor BR, e é uma das 16 finalistas dos shows ao vivo. The X Factor é um reality show musical, foi criado em 2004 e atualmente é exibido em vários países. No Brasil, a franquia está na sua primeira temporada. O X Factor Brasil, tem quatro fases de competição: Audições, Centro de Treinamento, Desafio das Cadeiras e Shows ao Vivo. Jenni Diz: “Estou realizando um dos grandes sonhos da minha vida. É emocionante apresentar o meu trabalho em rede nacional, para todo o país, e ver que grandes nomes da nossa música, como Rick Bonadio, Alinne Rosa, Di Ferrero e Paulo Miklos, apostaram em mim. Quero aproveitar esse momento para aprender muito e, logicamente, mostrar um pouco da Jenni Mosello para todo o Brasil”, comemora a artista. Nascida em Curitiba - PR, no ano de 1994, Jenni logo se mudou para Roma, na Itália, onde viveu até os dez anos. Lá foi influenciada peloJazz, Blues e Soul, vertentes que fazem parte de toda a sua formação musical. Ao voltar para o Brasil, em 2005, passou a receber influências nacionais, com destaques para a Bossa, MPB e Samba.
Enfim Galera...Ela começou em apresentações com a banda Open, em casas de jazz em Curitiba. E Desde então, Jenni começou a ser reconhecida no cenário jazz Paranaense. Em 2015 Jenni lançou seu primeiro EP autoral. Contando com cinco faixas em inglês, o álbum Sketches, Jenni Mosello foi produzido pela dupla Alexy Viegas e Maycon Ananias. Eles já trabalharam com artistas como Maria Gadú, Thiago Iorc e Jesse Harris. Então fiquem ai com as fascinantes performances de Jenni Mosello no Xfactor BR,Vlw Galera Ate.

Postagens populares

Postagens populares